Dicas Importantes Sobre Documentos de Viagem

Tempo de leitura: 4 minutos

  • Carregue uma cópia do seu passaporte na carteira. Evite andar com o original, se você perder é uma dor de cabeça desnecessária. Há quem discorde e prefira carregar o documento original pois “alguns lugares” não aceitam cópia. Mas, de todas as viagens que fiz, ainda não descobri quais são esses tais “alguns lugares”, até então sempre aceitaram a cópia. Eu prefiro correr o risco de um dia ter que explicar que o original está no hotel, casa ou apartamento, do que o risco de perdê-lo.
  • Tenha cópias digitais dos seus documentos em algum lugar de fácil acesso na nuvem, como por exemplo numa pasta de documentos em seu email. Por mais óbvio que pareça, pouca gente faz isso. Não se esqueça:

Passaporte(s) (página da foto e vistos)
CNH
RG
CPF
Certidão de Nascimento ou Casamento (com o nome atualizado)
Título de Eleitor
Comprovantes de votação ou Certidão de Regularidade Eleitoral
Comprovação de quitação com o serviço militar (homens)
Comprovantes de naturalização (para os naturalizados)
Procurações se necessário
Fotos 3×4
Cartões de Crédito ou de viagem
Certificado Internacional de Vacinação
Permissão Internacional pra Dirigir
Cópia da apólice do seguro viagem, vouchers de reservas de voos, hotéis e etc.

Eu tenho até PIS, Cartão do Cidadão, Carteira de Trabalho, Cartão SUS, Carteiras de Vacinação, Currículo, algumas notas fiscais importantes e alguns manuais. Independente de viagens, é sempre útil. Já precisei de acesso rápido a dados ou documentos e foi prático, até na cidade pra não precisar buscar em casa. Pode parecer improvável, mas não dá trabalho nenhum digitalizá-los e o dia que precisar vai preferir ter feito isso.

  • Logicamente, não se esqueça de colocar na mala (de mão) todos os documentos originais necessários: passaporte (com os vistos requeridos), CNH (ou RG e CPF), Certificado Internacional de Vacinação, Permissão Internacional pra Dirigir se necessário, cartões de crédito (levar um reserva). Além de dinheiro em espécie, sempre na moeda do país que vai visitar, ou, se for uma moeda que não é vendida no Brasil, dólar para comprar na chegada.
  • Na sua casa deixe o restante de seus documentos organizados e em um lugar de fácil acesso. Isso não serve apenas para viagens, numa situação que você precise  encontrar um documento (que geralmente é urgente) ou ligar pra alguém encontrá-lo pode achá-lo facilmente e não se descabelar procurando no fundo de cada armário bagunçado em meio a papeladas velhas. Mantenha-os juntos e em ordem.
  • Não se esqueça de carregar com você passaportes antigos caso ainda tenham vistos válidos, mesmo que não tenha a intenção de utilizá-los. Pode acontecer uma conexão em um território dependente por exemplo que exija o visto e isso facilitaria sua vida. Ou você pode simplesmente mudar de ideia no roteiro. E você não vai querer pensar no papel que deixou em casa e poderia te economizar com passagem ou burocracias.
  • Se estiver nos planos aplicar para vistos durante a viagem, não se esqueça de carregar com você fotos e os documentos originais necessários para facilitar o processo. Veja a lista aqui.
  • Esteja atento à data de vencimento de seu(s) passaporte(s). A maioria dos países não aceita fornecer vistos em passaportes que estejam prestes a expirar. E também pode ser que expire durante a viagem e você precise renová-lo.
    Você pode tentar renovar antecipadamente no Brasil. Mas se for uma viagem longa e for precisar renovar em viagem, leve também os seguintes documentos originais: título de eleitor, comprovantes de votação ou Certificado de Regularidade Eleitoral, comprovação de quitação com o serviço militar (homens), comprovantes de naturalização (para os naturalizados) e certidão de casamento caso necessário (com o nome atualizado caso seu documento com foto não esteja com o novo nome).

Veja dicas de segurança com o uso de cartão de crédito no exterior.

Foto Destacada: ADO, Maputo – Moçambique

Deixe uma resposta

Booking.com